Visão geral de Analisar experimento de superfície de resposta

Use Análise de Experimento de Superfície de Resposta para modelar curvatura em seus dados e identificar as definições de fator que otimizam a resposta. Normalmente, usa-se um experimento de superfície de resposta depois da realização de um experimento fatorial ou fatorial fracionado e identificação dos fatores mais importantes no processo. Para obter mais informações, vá para O que são experimentos de superfície de resposta, experimentos centrais compostos e experimentos Box-Behnken?.

Antes que seja possível analisar os dados, você deve usar Criar um experimento de superfície de resposta (central composto), Criar um experimento de superfície de resposta (Box-Behnken) ou Definir um experimento de superfície de resposta personalizado para inserir ou definir seu experimento. Também é necessário ter dados de resposta na worksheet.

Por exemplo, um engenheiro deseja analisar o processo de moldagem por injeção para uma peça plástica. Depois de realizar um experimento fatorial fracionado para identificar os fatores importantes (temperatura, pressão, taxa de resfriamento), o engenheiro utiliza um experimento de superfície de resposta para analisar a curvatura nos dados e encontrar as melhores definições de fatores.

Depois de analisar o experimento, o Minitab armazena o modelo de forma que seja possível fazer o seguinte:
  • Prever as respostas para diferentes definições de fatores.
  • Representar graficamente as relações entre os fatores e a resposta.
  • Encontrar definições que otimizem uma ou mais respostas.

Onde encontrar esta análise

Estat > DOE > Superfície de Resposta > Análise de Experimento de Superfície de Resposta

Quando usar uma análise alternativa

Se você possui uma variável de resposta binária, use Resposta binária da análise para experimentos de superfície de resposta.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política