Exemplo de Estudo de medição R&R aninhado

Um engenheiro deseja monitorar a resistência ao impacto de componentes cerâmicos. Ele seleciona aleatoriamente 30 amostras que representam a faixa esperada de variação do processo e dá 10 amostras aleatórias a 3 operadores selecionados aleatoriamente. Os 3 operadores medem a temperatura das 10 amostras diferentes duas vezes, totalizando 60 medições. Cada peça (amostra) é exclusiva para o operador, dois operadores não mediram a mesma peça.

Como as medidas são aninhadas no operador, o engenheiro realiza um estudo de medição R&R aninhada para avaliar a variabilidade nas medições que pode ser causada pelo sistema de medição.

  1. Abra os dados amostrais, ComponenteCerâmico.MTW.
  2. Selecione Estat > Ferramentas da Qualidade > Estudos de Medição > Estudo de Medição R&R (Aninhado).
  3. Em Números de lote ou peça, insira Peça.
  4. Em Operadores, insira Operador.
  5. Em Dados da medição, insira Resposta.
  6. Clique em OK.

Interpretar os resultados

Na tabela de ANOVA, o valor de p para o operador é 0,773. Como o valor de p é grande, o engenheiro não rejeita a hipótese nula e conclui que a medida média da força provavelmente não depende de qual o operador faça as medições. No entanto, o valor de p para a Peça (Operador) é 0,000 e é inferior a 0,05. As medições médias de diferentes peças aninhadas dentro de cada operador são significativamente diferentes.

Use %de variação do estudo para comparar a variação sistema de medição para a variação total. A medição R&R total é igual a 23,71% da variação do estudo, e a variação peça a peça é igual a 97,15%. A variação da medição R&R total pode ser aceitável, dependendo da aplicação. Para obter mais informações, vá para O meu sistema de medição é aceitável?.

Além disso, este sistema de medição pode distinguir cinco categorias. Este resultado indica que o sistema de medição pode distinguir entre as peças. De acordo com a AIAG, são necessárias pelo menos cinco categorias distintas para existir um sistema de medição adequado. Para obter mais informações, vá para Uso do número de categorias distintas.

Os gráficos também fornecem as seguintes informações sobre o sistema de medição:
  • No gráfico Componentes de Variação, a maior parte da variabilidade é explicada pela variação peça a peça.
  • Na carta R por Operador, todos os dados estão sob controle, o que indica que os três operadores medem consistentemente.
  • Na Carta Xbarra por Operador, vários pontos estão além dos limites de controle. Assim, grande parte da variação se deve a diferenças entre as peças.
  • O gráfico Por Peça mostra que as diferenças entre as peças são grandes.
  • No gráfico Por Operador, as medições para cada operador variam em aproximadamente a mesma quantidade. Além disso, as médias da peça variam em uma pequena quantidade. Embora sempre exista alguma variação, os dados indicam que os operadores medem as peças de forma semelhante.

Estudo de R&R da Medição - ANOVA Aninhada

R&R da Medição (Aninhada) para Resposta Fonte GL SQ QM F P Operador 2 2,618 1,30922 0,2594 0,773 Peça (Operador) 27 136,285 5,04758 34,5709 0,000 Repetibilidade 30 4,380 0,14601 Total 59 143,283
Componentes de Variância %Contribuição Fonte CompVar (de CompVar) Total de R&R da Medição 0,14601 5,62 Repetibilidade 0,14601 5,62 Reprodutibilidade 0,00000 0,00 Peça a Peça 2,45079 94,38 Variação Total 2,59679 100,00
Avaliação das Medições Var do %Var do DesvPad Estudo Estudo Fonte (DP) (6 × DP) (%VE) Total de R&R da Medição 0,38211 2,29265 23,71 Repetibilidade 0,38211 2,29265 23,71 Reprodutibilidade 0,00000 0,00000 0,00 Peça a Peça 1,56550 9,39300 97,15 Variação Total 1,61146 9,66874 100,00

Número de Categorias Distintas = 5

Relatório de R&R da Medição (Aninhada) para Resposta

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política