Exemplo de Estudo da medição de atributos (método analítico)

Um engenheiro de fabricação avalia o sistema de medição de atributos automatizado usado para aceitar ou rejeitar parafusos. O engenheiro seleciona 10 peças que têm classificações padrão conhecidas e roda em cada uma um teste de passa/não passa 20 vezes. O engenheiro registra o número de aceitações de cada peça.

O engenheiro utiliza um estudo da medição de atributos para avaliar o vício e repetibilidade do sistema de medição, e para determinar se deve realizar alguma melhoria no sistema de medição.

O sistema tem uma tolerância inferior de –0,020 e uma tolerância superior de 0,020.

  1. Abra os dados amostrais, .
  2. Selecione Estat > Ferramentas da Qualidade > Estudos de Medição > Estudo de Medição por Atributos (Método Analítico).
  3. Em Números de peça, insira .
  4. Em Valores de referência, insira .
  5. Em Atributos binários em, selecione Contagens sumarizadas e insira .
  6. Em Número de ensaios, insira 20.
  7. Em Rótulo de atributo, deixe a etiqueta padrão de "Aceitação".
  8. Em Limite de tolerância para cálculo, selecione Limite inferior e insira -0.020 .
  9. Clique em OK.

Interpretar os resultados

A hipótese nula para o teste de vício afirma que o vício = 0. Como o valor de p é menor que o nível de significância de 0,05, a decisão é rejeitar a hipótese nula e concluir que o sistema de medição do atributo é susceptível a vício.

O vício no sistema de medição de atributos é 0,0097955. O engenheiro deve reparar ou recalibrar o medidor para reduzir o vício.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política