Exemplo de Carta T² e Variância Generalizada

Uma engenheira de qualidade monitora a variabilidade na resistência a rasgos, brilho e opacidade de folhas plásticas fabricadas pela empresa. Ela mede quatro folhas por dia durante 10 dias. As análises anteriores descobriram que essas variáveis estão correlacionadas.

O engenheiro de qualidade cria uma carta T2 e variância generalizada para monitorar simultaneamente a média e a variação da resistência ao rasgo, brilho e opacidade das folhas plásticas durante mais de 10 dias.

  1. Abra os dados das amostras, FolhasPlásticas.MTW.
  2. Selecione Estat > Cartas de Controle > Cartas Multivariadas > T<sup>2</sup> variância generalizada.
  3. Em Variáveis, insira Rasgo Brilho Opacidade.
  4. Em Tamanhos dos subgrupos, insira Subgrupo.
  5. Clique em OK.

Interpretar os resultados

O engenheiro de qualidade olha primeiro a carta de variância generalizada. Se a carta de variância generalizada mostrar que a variação do processo não está sob controle, os limites de controle na carta T2 são imprecisos.

A variação conjunta da resistência ao rasgo, brilho e opacidade está acima do limite de controle superior no ponto 6. O engenheiro deve investigar por que a variação não está sob controle e corrigir os problemas antes de interpretar a carta T2.

Carta de T² e Variância Generalizada de Rasgo; ...; Opacidade

Resultados do Teste para a Carta de Variância Generalizada de Rasgo; ...; Opaci

TESTE. Um ponto além dos limites de controle. O teste falhou nos pontos: 6 * AVISO * Se o gráfico for atualizado com novos dados, os resultados acima podem não estar mais corretos.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política