Interpretar os principais resultados para Método de Winter

Conclua as etapas a seguir para interpretar uma análise com o método de Winters. Os principais resultados incluem o gráfico do método de Winters, as medidas de precisão e as precisões.

Etapa 1: Determine se o modelo ajusta seus dados

Examine o gráfico para determinar se seu modelo ajusta seus dados. Se os ajustes seguirem de perto os dados reais, o modelo ajusta seus dados.
  • Se o modelo ajustar os dados, você pode realizar Decomposição e comparar os dois modelos.
  • Se o modelo não ajustar os dados, examine o gráfico para uma falta de sazonalidade. Se não houver nenhum padrão sazonal, você deve usar uma análise de séries temporais diferente. Para obter mais informações, acesse Quais análises de séries temporais devo usar?.

Neste gráfico, os ajuste acompanham os dados de perto, o que indica que o modelo ajusta os dados.

Etapa 2: Compare o ajuste de seu modelo com outros modelos

Use as medidas de precisão (MAPE, DAM, e DMQ) para comparar o ajuste de seu modelo com outros modelos de séries temporais. Essas estatísticas não são muito informativas por si mesmas, mas você pode usá-las para comparar os ajustes obtidos usando-se diferentes métodos. Para todas as três medições estatísticas, valores menores normalmente indicam um modelo de ajuste melhor. Se um único modelo não tem os valores mais baixos para todas as 3 estatísticas, em geral, o MAPE é a medida preferida.
Observação

As medidas de precisão fornecem uma indicação da precisão que pode ser esperada quando se prevê um período a partir do final dos dados. Portanto, eles não indicam a precisão da previsão de mais do que um período. Se você estiver usando o modelo de previsão, não deve basear sua decisão apenas nas medidas de precisão. Também deve examinar o ajuste do modelo para garantir que as previsões e o modelo seguem os dados de perto, especialmente no final da série.

Modelo 1

Medidas de precisão MAPE 8.1976 DAM 3.6215 DMQ 22.3936

Modelo 2

Medidas de precisão MAPE 6.9551 DAM 2.7506 DMQ 11.2702
Principais resultados: MAPE, DAM, DMQ

Nestes resultados, todos os três números são mais baixos para o 2o modelo comparado com o 1o modelo. Portanto, o 2o modelo fornece o melhor ajuste.

Etapa 3: Determine se as previsões são precisas

Examine os ajustes e as previsões do plano para determinar se as previsões tendem a serem precisas. Os ajustes devem seguir os dados de perto, especialmente no final da série. Ao utilizar um modelo sazonal, é especialmente importante garantir que os ajustes correspondam aos valores reais no final das séries temporais. Se o padrão sazonal ou tendência não combinar com os ajustes no final dos dados, as previsões tendem a ser menos exatas. Neste caso, colete mais dados para que o modelo possa se adaptar às mudanças no padrão sazonal ou tendência.

Se o modelo se ajustar aos dados no final da série, normalmente é possível prever com segurança de pelo menos um ciclo sazonal completo.

Neste gráfico, os ajustes acompanham de perto os dados, sendo que o padrão sazonal e a tendência estão estáveis no final dos dados. As previsões tendem a serem precisas para o próximo ano.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política