Níveis de estresse para planos de teste de vida acelerado

É necessário inserir os níveis de estresse do experimento e do teste. Por padrão, o Minitab determina uma alocação ideal de unidades nos níveis de estresse.

O que é um nível de estresse?

O nível de estresse é a quantidade de estresse exercida sobre uma unidade durante um teste aprovar/reprovar (análise por probito) ou teste de vida acelerado. Por exemplo, você poderia usar diversos valores de estresse para testar sob cargas de estresse comuns. Para testar uma furadeira que funciona com 4 velocidades diferentes em condições normais de uso, inclua os 4 níveis de estresse diferentes no teste.

Quando a vida útil esperada é longa demais para ser testada na prática, você pode usar os níveis de estresse mais elevados do que as condições de uso típicas para causar falhas prematuras. Por exemplo, um motor tem uma vida média de milhares de horas a uma velocidade padrão. Para causar falhas prematuras, os engenheiros testam o motor a duas vezes a velocidade padrão. Os engenheiros terminam o teste em uma fração do tempo. Em seguida, os engenheiros extrapolam o tempo de falha nas condições normais de uso a partir da velocidade elevada no teste.

Use seu conhecimento do sistema para escolher níveis de estresse aumentados. Níveis de estresse excessivamente altos podem fazer com que o sistema falhe subitamente em vez de sofrer desgaste acelerado. Por exemplo, um teste de estresse da resistência à compressão de uma embalagem de papelão para ovos com milhares de quilos de pressão causaria uma quebra instantânea. Esse teste não geraria informações úteis sobre a resistência da embalagem sob condições normais.

Alocação de unidades de teste nos níveis de estresse

É necessário inserir os níveis de estresse do experimento e do teste. Por padrão, o Minitab determina a alocação de unidades nos níveis de estresse de forma a minimizar a variância assintótica do parâmetro que você deseja estimar. Também é possível fornecer a alocação.

A eficiência do plano de teste é medida em termos da variância do parâmetro a ser estimado. Entretanto, um plano de teste altamente eficiente (com baixa variância) pode gerar estimativas de parâmetros imprecisas. Especificamente, a precisão dos resultados depende da existência de falhas suficientes em todos os níveis de estresse. Para se obter resultados precisos, uma orientação comum é que o número esperado de falhas em cada um dos níveis de estresse do teste seja 4 ou mais.

O plano mais eficiente só é mais eficiente no espaço de busca especificado. O Minitab pode determinar a alocação de unidades de teste mais eficiente de duas maneiras:
  • Você especifica o espaço de busca como um conjunto ou conjuntos finitos de proporções. Cada coluna representa um plano de teste diferente. O Minitab ordena esses planos de teste por eficiência.
  • O Minitab procura pelas proporções ideais nos intervalos. Ou seja, o Minitab usa um passo para ir de um grupo de proporções de candidatos para os outro. O comprimento padrão do passo é 0,05, mas você pode aumentar ou diminuir esse comprimento.

Intervalos padrão para alocação porporcional

O Minitab escolhe intervalos pré-fixados para a alocação proporcional das unidades de teste com estes critérios:
  • Mais unidades de teste são alocadas ao menor estresse do teste.
  • Existe um número grande ou pequeno de unidades de teste para as tensões no meio.
  • A alocação proporcional de unidades em um nível de estresse do teste não é pequena demais em relação às outras.
Os intervalos mudam à medida que o número de níveis de estresse muda:
  • Para um experimento com dois níveis de estresse, o intervalo para as proporções no menor nível de estresse é RL = [0,05, 0,85]. O intervalo para as proporções ao estresse mais elevado é RH = [0,075, 0,5].
  • Para um experimento com dois níveis de estresse, o intervalo para o menor nível de estresse é RL = [0,333, 0,683]. Os outros níveis de estresse no teste possuem um intervalo comum de R = [0.040, 0.333].
  • Normalmente, se o experimento possui K níveis de estresse de teste, os intervalos para as proporções nos diferentes níveis de estresse são:
    • O intervalo para o menor nível de estresse é RL = [1/K, 1/K + 0,35].
    • Os intervalos para os níveis de estresse intermediários são R = [(1- 1/K - 0,35)/2K, 1/K].
    • O intervalo para o maior nível de estresse é R = [(1- 1/K - 0.350)/2K, 1/K]. O Minitab também escolhe a proporção para o maior nível de estresse de forma que o conjunto completo de proporções some um.

O Minitab encontra a alocação ideal para cada nível de estresse

O Minitab avalia a eficiência de cada plano e ordena os planos. Por padrão, o Minitab exibe três planos de teste diferentes. Use estas etapas para mudar o número de planos de teste exibidos pelo Minitab.
  1. Selecione Estat > Confiabilidade/Sobrevivência > Planos de Teste > Teste de Vida Acelerado.
  2. Clique em Estresses.
  3. Digite o número de melhores planos para a saída.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política