Insira seus dados para Curva de crescimento paramétrica

Estat > Confiabilidade/Sobrevivência > Análise de Sistema Reparável > Curva de Crescimento Paramétrica

Selecione a opção que melhor descreve seus dados.

Os dados são tempos exatos de falhas/retiradas

Complete etapas a seguir se os dados indicam a hora exata em que cada item falhou ou foi retirado de serviço.

  1. Em Variáveis/variáveis iniciais, insira a coluna ou colunas que contenham os tempos de falha exatos ou os tempos de retirada. Insira uma coluna por amostra. O Minitab assume que todos os dados dentro de cada coluna são provenientes processos idênticos e forneçam uma estimativa da curva de crescimento combinada para os dados dentro de cada coluna.
  2. Se você tiver dados de frequência para cada variável, em Colunas de freq. (opcional), insira a coluna (ou colunas) de inteiros positivos que indicam o número de itens para cada tempo de falha. Insira uma coluna por amostra.
  3. Se os dados de falha de uma coluna forem provenientes de vários sistemas, em Identificação do Sistema (opcional), insira uma coluna ou colunas para identificar cada sistema. Insira uma coluna por amostra. O Minitab combina os dados para fornecer uma única análise da curva de crescimento, e testa quando à igualdade de formas ou de escalas ou de tempo médio entre falhas em todo o sistema.
  4. Se todas as amostras estiverem empilhadas em uma coluna mas pertencerem a grupos separados, selecione Por variável e insira uma coluna de indicadores de agrupamento. O Minitab fornece uma análise da curva de crescimento distinta para cada grupo e testes quando à igualdade de forma ou de escala ou de tempo médio entre falhas entre os grupos.
Na worksheet a seguir, a coluna Tempo contém a falha exata ou os tempos de retirada. A coluna Sistema (opcional) identifica o sistema para cada tempo de falha. Como os dados são truncados para tempo e para falhas, a coluna Retirada indica se os dados em cada linha é um tempo de falha ou um tempo de retirada. Por padrão, o valor mais baixo na coluna (0) indica um tempo de retirada e o valor mais alto (1) indica um tempo de falha. Por exemplo, o sistema 1 falhou em 1 hora, falhou em 5 horas e foi retirado em 9 horas.
C1 C2 C3
Tempo Sistema Retirada
1 1 1
5 1 1
9 1 0
4 2 1
7 2 1
10 2 0
8 3 1
9 3 1
11 3 0
Observação

Com dados exatos, não é possível possível o surgimento de múltiplas falhas em um dado momento para um determinado sistema. Portanto, a coluna Frequência opcional normalmente não é usada. No entanto, se ocorreu algum um erro de arredondamento durante a coleta de dados, você pode usar uma coluna de frequência para indicar que mais de uma falha está associada a um valor de tempo específico devido a arredondamentos.

Os dados são tempos intervalares de falhas/retiradas

Complete etapas a seguir se os dados indicarem somente que o item falhou ou que foi retirado de serviço.

  1. Em Variáveis/variáveis iniciais, insira a coluna ou colunas que contêm as horas iniciais. Insira uma coluna por amostra. O Minitab assume que todos os dados dentro de cada coluna são provenientes processos idênticos e forneçam uma estimativa da curva de crescimento combinada para os dados dentro de cada coluna.
  2. Em Variáveis finais, insira a coluna ou colunas que contêm as horas finais. Insira uma coluna por amostra. Use um símbolo de valor ausente por um horário final para indicar que a hora inicial foi o tempo de retirada para um sistema.
  3. Se você tiver dados de frequência para cada variável, em Colunas de freq. (opcional), insira a coluna (ou colunas) de inteiros não negativos que indicam o número de itens para cada intervalo. Insira uma coluna por amostra.
  4. Se os dados de falha de uma coluna forem provenientes de vários sistemas, em Identificação do Sistema (opcional), insira uma coluna ou colunas para identificar cada sistema. Insira uma coluna por amostra.
  5. Se todas as amostras estiverem empilhadas em uma coluna mas pertencerem a grupos separados, selecione Por variável e insira uma coluna de indicadores de agrupamento. O Minitab proporciona uma análise da curva de crescimento em separado para cada grupo.
Na worksheet a seguir, a coluna Início e a coluna Fim indicam o intervalo dentro do qual ocorreu cada falha (ou retirada). A coluna Sistema (opcional) identifica o sistema para cada tempo de falha. A coluna Frequência (opcional) indica o número total de falhas (ou retiradas) dentro de cada intervalo. Por exemplo, 2 falhas ocorreram entre 0 e 1 hora para o sistema de 1. 4 falhas ocorreram entre 1 e 5 horas para o sistema 1. Após 9 horas, não foram registradas outras observações para o sistema 1.
C1 C2 C3 C4
Início Fim Sistema Frequência
0 1 1 2
1 5 1 4
9 * 1 0
0 4 2 2
5 7 2 4
10 * 2 0
8 9 3 4
9 8 3 2
11 * 3 0
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política