Tabela da diferença na função média acumulada para Curva de crescimento não paramétrica

O Minitab exibe informações de crescimento não paramétricas em uma tabela que inclui o seguinte:
  • Tempo: os tempos de falha sucessiva (ou reparo).
  • Diferença na função média acumulada: a diferença entre os grupos no número de falhas (ou reparos), com média calculada sobre os sistemas. Se você inserir uma coluna de custo, o Minitab calcula a diferença entre os grupos nos custos de reparo acumulados médios calculados sobre os sistemas.
  • Erro padrão: o erro padrão da diferença na função média acumulada.
  • IC de normal de 95%: os limites inferior e superior do intervalo de confiança de 95% para a diferença na função média acumulada.

Com um procedimento de estimativa não paramétrico, o valor da diferença na função média acumulada muda apenas quando ocorre uma falha.

Saída do exemplo

Comparação: (Tipo = 1) - (Tipo = 2)

Tabela de Função da Diferença Acumulada da Média Função da Diferença Acumulada IC Normal de 95% Tempo da Média Erro Padrão Inferior Superior 19 -0,06667 0,064406 -0,19290 0,05957 22 -0,13333 0,087771 -0,30536 0,03869 33 -0,06190 0,111541 -0,28052 0,15671 39 -0,12857 0,124114 -0,37183 0,11469 54 -0,19524 0,133322 -0,45654 0,06607 61 -0,26190 0,139830 -0,53597 0,01216 88 -0,19048 0,153496 -0,49132 0,11037 91 -0,25714 0,183399 -0,61660 0,10231 93 -0,32381 0,185008 -0,68642 0,03880 119 -0,39048 0,228047 -0,83744 0,05649 148 -0,45714 0,279427 -1,00481 0,09052 173 -0,52381 0,277299 -1,06730 0,01969 185 -0,59048 0,289837 -1,15855 -0,02241 187 -0,65714 0,285719 -1,21714 -0,09714 192 -0,72381 0,280486 -1,27355 -0,17407 194 -0,79048 0,274074 -1,32765 -0,25330 203 -0,85714 0,266399 -1,37928 -0,33501 205 -0,92381 0,274074 -1,46099 -0,38663 211 -0,99048 0,280486 -1,54022 -0,44073 242 -1,05714 0,285719 -1,61714 -0,49714 250 -1,05238 0,279994 -1,60116 -0,50360 264 -1,11905 0,298435 -1,70397 -0,53413 272 -1,04762 0,302679 -1,64086 -0,45438 277 -1,11429 0,318886 -1,73929 -0,48928 287 -1,04286 0,321731 -1,67344 -0,41228 293 -1,10952 0,308568 -1,71431 -0,50474 302 -1,03810 0,310335 -1,64634 -0,42985 306 -1,10476 0,350677 -1,79208 -0,41745 317 -1,03333 0,351196 -1,72166 -0,34500 364 -0,96190 0,350677 -1,64922 -0,27459 367 -0,89048 0,349114 -1,57473 -0,20622 369 -0,95714 0,335260 -1,61424 -0,30004 373 -1,02381 0,359155 -1,72774 -0,31988 382 -1,09048 0,343985 -1,76467 -0,41628 391 -1,01905 0,355960 -1,71672 -0,32138 402 -0,94762 0,352358 -1,63823 -0,25701 415 -1,01429 0,373582 -1,74649 -0,28208 416 -1,08571 0,371724 -1,81428 -0,35715 419 -1,23956 0,379800 -1,98395 -0,49517 421 -1,16813 0,388808 -1,93018 -0,40608 431 -1,09670 0,383618 -1,84858 -0,34482 432 -1,18761 0,381917 -1,93616 -0,43907 434 -1,28761 0,379729 -2,03187 -0,54336 441 -1,39872 0,376828 -2,13729 -0,66015 444 -1,32729 0,384013 -2,07995 -0,57464 447 -1,45229 0,380094 -2,19726 -0,70733 448 -1,73801 0,360677 -2,44492 -1,03109 460 -1,93801 0,345574 -2,61532 -1,26070 461 -2,18801 0,482663 -3,13401 -1,24201 462 -2,11658 0,476966 -3,05142 -1,18174 464 -2,44991 0,535496 -3,49947 -1,40036 481 -2,37849 0,529680 -3,41664 -1,34033 498 -2,30706 0,532767 -3,35126 -1,26285 500 -2,16420 0,546276 -3,23488 -1,09352 503 -2,66420 0,568698 -3,77883 -1,54957 511 -3,66420 0,568698 -4,77883 -2,54957 548 -3,59277 0,578546 -4,72670 -2,45884 552 -3,52134 0,587608 -4,67303 -2,36965 625 -3,44991 0,604423 -4,63456 -2,26527 635 -3,37849 0,595004 -4,54467 -2,21230 650 -3,30706 0,593471 -4,47024 -2,14387 657 -3,23563 0,599884 -4,41138 -2,05988 687 -3,08178 0,595533 -4,24900 -1,91456 700 -2,99087 0,592914 -4,15296 -1,82878 708 -2,89087 0,601644 -4,07007 -1,71167 710 -2,55754 0,586803 -3,70765 -1,40743 719 -2,39087 0,638098 -3,64152 -1,14022 724 -1,79087 0,674662 -3,11319 -0,46856 730 -0,79087 0,674662 -2,11319 0,53144

Interpretação

Para os dados de confiança do freio, a diferença na função média acumulada é -0.99048 em 211 dias. Isto é, o número médio de reparos necessários para um sistema único por 211 dias é quase um a mais para o componente de freio do tipo 2 do que para o componente de freio do tipo 1. O engenheiro pode ter 95% de certeza de que essa diferença cairá dentro do intervalo de -1,54022 e -0,44073.

Por esses dados, todos os sistemas foram retirados para o componente de freio do tipo 2 em 511 dias e para o componente de freio do tipo 1 a 730 dias. Em 511 dias, a diferença entre o número médio de reparos em cada sistema para os dois tipos de componentes de freio é -3,66420. O engenheiro pode ter 95% de confiança de que a verdadeira diferença no número médio de reparos cairá dentro do intervalo de -4,77883 e -2,54957. Como o intervalo de confiança não contém 0, existe uma diferença significativa entre os dois tipos de componentes de freio no número médio de reparos que é necessária no momento em que todos os sistemas são retirados para o componente tipo 2 em 511 dias.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política