Use um gráfico de superfície 3D ou um gráfico de grade 3D para examinar a relação entre uma resposta variável (Z) e duas variáveis preditoras (X e Y), exibindo uma superfície tridimensional da resposta prevista. É possível optar por representar a resposta predita como uma superfície uniforme ou uma grade.

Você pode girar os gráficos de superfície 3D e de grade 3D para visualizá-los a partir de ângulos diferentes. Isto permite-lhe explorar as relações entre as variáveis mais profundamente. Também é possível alterar o brilho da superfície, e o número e a posição de até três luzes da superfície.

Gire o gráfico.

Use a barra de ferramentas Ferramentas gráficas 3D para girar os gráficos 3D. Por padrão, esta barra de ferramentas aparece apenas quando um gráfico de dispersão 3D, um gráfico de superfície 3D ou um gráfico de grade 3D está ativo.

  1. Clique no gráfico de superfície 3D ou no gráfico de grade para ativá-lo.
  2. Se a barra de ferramentas de gráficos 3D não estiver visível, escolha Ferramentas > Barra de Ferramentas > Ferramentas de Gráfico 3D.
  3. Use os seguintes botões na barra de ferramentas de gráficos 3D para girar o gráfico. Clique em cara botão uma vez para girar o gráfico em pequenos incrementos. Clique e mantenha o botão pressionado para uma rotação contínua.
    Item da barra de ferramentas Ação
    Gire o gráfico no sentido horário ou anti-horário sobre o eixo x.
    Gire o gráfico no sentido horário ou anti-horário sobre o eixo y.
    Gire o gráfico no sentido horário ou anti-horário sobre o eixo z.
    Retorne o gráfico à sua posição original e aplique o zoom.
    Observação

    Quando você clica em um botão, uma janela de visualização aparece para mostrar exatamente como o gráfico irá girar.

Ajuste o brilho da superfície

A superfície do gráfico de superfície 3D é iluminada nas áreas de forma que você pode ver melhor os recursos da superfície. Você pode alterar o brilho da superfície, e o número e a posição de até três luzes da superfície. Para alterar o brilho, clique duas vezes na superfície e clique na guia Luzes.

2 luzes, brilho = 10
3 luzes, brilho = 90

Gire as luzes da superfície

Use a barra de ferramentas Ferramentas de gráfico 3D para girar as luzes em um gráfico de superfície 3D.

  1. Clique no gráfico de superfície 3D ou no gráfico de grade para ativá-lo.
  2. Se a barra de ferramentas de gráficos 3D não estiver visível, escolha Ferramentas > Barra de Ferramentas > Ferramentas de Gráfico 3D.
  3. Use os botões a seguir na barra de ferramentas de gráficos 3D para girar as luzes. Clique em cada botão uma vez para girar as luzes em pequenos incrementos. Clique e mantenha o botão pressionado para uma rotação contínua.
    Item da barra de ferramentas Ação
    Gire as luzes no sentido horário ou anti-horário sobre o eixo x.
    Gire as luzes no sentido horário ou anti-horário sobre o eixo y.
    Gire as luzes no sentido horário ou anti-horário sobre o eixo z.
    Retorna as luzes para suas posições originais. Além disso retorna outras op~ções de iluminação de superfície, exceto o brilho, para suas configurações originais.

Ajuste as posições relativas das luzes de superfície

As coordenadas x, y e z para as posições das luzes em um gráfico de superfície 3D são expressas em relação ao centro da região dos dados, que são a coordenada 0 0 0. As unidades coordenadas são criadas para serem consistentes entre x, y e z e, portanto, não estão relacionadas às unidades dos dados. Consulte a seguir para obter exemplos de posições de luz diferentes.

Posição da luz padrão

Neste exemplo, o ponto vermelho acima do gráfico representa a Luz 1 em sua posição padrão. O ponto azul representa a Luz 2 em sua posição padrão.

As coordenadas para as posições padrão são:

Luz X Y Z
1 0 1 1
2 0 0 −1

A Luz 1 está no centro do espaço do gráfico com respeito ao eixo x (x = 0), mas uma unidade na direção positiva com respeito a ambos os eixos y e z (y = 1 e z = 1). Isso dá a aparência de estar acima e um pouco atrás e à direita do gráfico.

A Luz 2 está diretamente abaixo do espaço do gráfico, centralizada no que se refere aos eixos x e y (x = 0 e y = 0), mas uma unidade na direção z negativa (z = −1).

A luz 1 está centralizada em Y

Neste exemplo, y para a luz 1 está definido para zero, de modo que está centrado diretamente acima do gráfico. Observe que a luz vermelha ilumina mais da face mais próxima do gráfico do que no exemplo anterior.

As coordenadas para essas posições são:

Luz X Y Z
1 0 0 1
2 0 0 −1

Z para a Luz 1 está aumentado

Neste exemplo, z para Luz 1 aumentou para 2, portanto, ela está mais alto acima do gráfico. Observe que isso tem o efeito de dispersar a iluminação vermelha entre mais da superfície.

As coordenadas para essas posições são:

Luz X Y Z
1 0 0 2
2 0 0 −1

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política