Método de interpolação para malha

Uma malha é uma grade de valores x- e y- regularmente espaçados nos quais um gráfico de superfície 3D, de grade 3D ou de contorno está baseado. O Minitab calcula valores de resposta (z) nas intersecções x-y da malha. A malha não é exibida em um gráfico. Os gráficos a seguir ilustram qual poderia ser a aparência da malha.

Gráficos de grade 3D e de superfície
Gráfico de contorno

Se seus valores x e y em um gráfico não forem uniformemente espaçados, o Minitab interpolará (estimativas) os valores-z nas interseções de uma malha regular de 15 por 15 com as mesmas amplitudes de x e y que seus dados. Você pode mudar o método de interpolação que o Minitab usa. Se você não tiver certeza de qual método usar, tente ambos e escolha aquele que funciona melhor para seus dados. Para obter mais informações, vá para Trabalhando com malha em gráficos de contorno e gráficos 3D.

Para editar o método quando você cria um gráfico, clique em Opções de Superfície ou Opções de Contorno, em seguida, selecione as opções na guia Método. Para editar a superfície em um gráfico existente, clique duas vezes sobre a superfície, e clique na guia Método.

Altere o método de interpolação de uma malha irregular
Se seus valores x e y formarem uma grade uniformemente espaçada, o método de interpolação não exercerá efeito sobre seu gráfico.
Método de distância
O método de distância (padrão) funciona bem em uma grande amplitude de circunstâncias. É um método conservador, porque sempre fornece estimativas de z dentro do intervalo de seus dados. Use o método de distância se o seguinte for verdadeiro:
  • Sua superfície tem valores extremos isolados ou transições súbitas
  • A amostragem não é intensiva o suficiente para capturar transições de superfície suaves
  • A amostragem de erros é grande

Em Poder de distância, insira um número maior do que 0 e menor que ou igual a 12 para indicar a quantidade de suavização da variação local. Quanto mais próximo de 0, mais próximos os ajustes estão da média geral. Quanto mais distante de 0, mais peso é colocado sobre a variação local.

Selecione Padronização de dados de x e y para padronizar os dados de x e y se os dados forem medidos em escalas diferentes. (A escala do gráfico não muda.)

Método polinomial de Akima
Este método funciona bem em alguns casos, mas pode produzir resultados enganosos em outros casos. Como este método usa um polinômio de quinta ordem, ele pode estimar valores-z nas posições x-y além daqueles que você forneceu como amostra que sejam muito grandes ou muito pequenos. Use o método polinomial de Akima se o seguinte for verdadeiro:
  • Sua superfície muda suavemente sobre a amplitude x e y dos seus dados
  • A amostragem é intensiva o suficiente para capturar transições de superfície suaves
  • A amostragem de erros é pequena em relação à superfície

Em Limite do valor-Z, insira um valor-z para usar nos limites (cantos e bordas) do gráfico. Por padrão, o Minitab usa o valor-z mínimo.

Ajustar a resolução da malha

Quando os dados x-y não formam uma grade regular, a resolução de malha poderia ter um grande efeito em um gráfico de contorno ou de superfície. Se seus dados foram amostrados de forma que seus pontos x-y estejam próximos de uma grade regular, você pode aprimorar o ajuste especificando uma malha similar àquela dos seus dados.

Em Malha para Superfície de Interpolação, selecione Personalizado, em seguida, insira números para o malha-x e malha-y para a resolução de malha desejada. Os gráficos a seguir mostram diferentes resoluções de malha.
Malha 5 por 5 (grade)
Malha 15 por 15 (grade)
Malha 15 por 15 (gráfico de contorno)
Malha 15 por 15 (gráfico de contorno)
Observação

Usar uma malha com mais e menores intervalos do que os existentes entre pontos de dados pode parecer adicionar mais resolução ao gráfico, mas o detalhes é provavelmente somente ruído de fundo.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política