Testes de três fatores de independência

Esta macro ajusta modelos log-lineares a dados de classificação de três fatores (uma tabela de contingência). Testes da razão de verossimilhança da qualidade do ajuste são efetuados para modelos inteiros e para termos individuais.

Download da macro

Certifique-se de que o Minitab sabe onde encontrar a macro baixada. Selecione Ferramentas > Opções > Geral. Em Local de macro navegue até o local em que você salva os arquivos de macro.

Importante

Se você usar um navegador mais antigo, quando clicar no botão Download, o arquivo pode abrir no Quicktime, que compartilha a extensão de arquivo .mac com macros do Minitab. Para salvar a macro, clique com o botão direito do mouse no botão Download e selecione Salvar arquivo como.

Entradas obrigatórias

  • Três colunas de fatores, cada uma contendo os níveis da observação
  • Uma coluna contendo a frequência observada ou contagem para cada combinação de valores nas colunas de fator
Observação

A macro está limitada a um máximo de 10 níveis por fator. Você pode modificar o código da macro se mais de 10 forem necessários. Primeiro, modifique o sufixo superior das variáveis ABT, ACT, BCT e JUNK nos demonstrativos de declaração. Depois modifique o valor de LMAX na declaração LET que se segue. Modifique esta observação no código para mostrar o novo valor máximo.

Execução da macro

Suponha que os níveis de fatores para a tabela de três fatores estejam em C1, C2 e C3. As frequências estão em C4. Para executar a macro, selecione Editar > Editor de Linha de Comando e digite:

%THREEWAY C1 C2 C3 C4

Clique em Enviar Comandos.

Observação

O usuário deve ser alertado para o fato de que um teste de um termo individual só é legítimo quando todos os termos omitidos dos dois modelos (entre os quais foi obtida a diferença) correspondem aos efeitos que estão, na verdade, ausentes.

Mais informações

Na saída, cada modelo testado é identificado por uma lista de termos incluídos. Os três fatores são simbolizados pelas letras maiúsculas A, B e C. Os termos do modelo são representados pelas regras simples abaixo:

A = efeito principal do fator A

AB = interação de dois fatores entre os fatores A e B

ABC = interação de 3 fatores entre os fatores A, B e C.

Os modelos são estritamente hierárquicos, de forma que a inclusão de um termo específico requer a inclusão de todos os termos de ordem inferior que envolvem qualquer subconjunto dos mesmos fatores. Portanto, os termos não estão listados, se sua inclusão estiver implícita em termos de ordem superior que estiverem listados. Por exemplo, o modelo de três fatores saturado é escrito simplesmente como (ABC) porque a inclusão da interação de três fatores implica na inclusão de todas as interações de dois fatores (AB, AC e BC) e de todos os principais efeitos (A, B e C).

O modelo de melhor ajuste é o modelo mais simples para o qual a estatística de qualidade do ajuste não é significativa. Normalmente esse é o mesmo modelo que inclui somente os termos cujos efeitos individuais são estatisticamente significativos. Quando o modelo de melhor ajuste é identificado, ele é interpretado da seguinte maneira:

(ABC) Cada fator é dependente dos outros dois.

(AB AC BC) Cada fator é dependente dos outros dois, embora o padrão de dependência seja menos complexo devido à ausência da interação de 3 fatores.

(AB BC) Os fatores A e C são condicionalmente independentes, isto é, eles são independentes para um valor fixo do fator B.

(A BC) Os fatores B e C são conjuntamente independentes do fator A.

(A B C ) Os fatores A, B e C são mutuamente independentes.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política