Insira seus dados para Poder e tamanho de amostra para experimento fatorial completo geral

Estat > Poder e Tamanho de Amostra > Experimento Fatorial Completo Geral

Complete as etapas a seguir para especificar os dados para o cálculo de poder e tamanho da amostra.

  1. Em Número de níveis para cada fator no modelo, insira valores de 2 a 15 separados por espaços. Cada valor é o número de níveis para um fator no experimento.
  2. Especifique valores para duas das variáveis de função poder a seguir. Deixe a variável que você deseja calcular em branco.
    • Réplicas: insira um ou mais números inteiros positivos para especificar o número de vezes que você configura cada ensaio experimental. Por exemplo, para calcular o efeito de configuração de cada ensaio experimental duas vezes, digite 2. Para avaliar o efeito de diferentes números de réplicas, digite vários valores. Mais repetições dão ao experimento mais poder para detectar um efeito e podem aumentar a precisão das previsões.
    • Valores da diferença máxima entre as médias de efeito principais: insira um ou mais valores para especificar a diferença média que você pretende detectar entre os níveis baixos e altos de um fator. Os cálculos usam o fator que tem a maioria dos níveis para produzir os cálculos que são conservadores para outros fatores. Normalmente, você insere a menor diferença que tem consequências práticas. Por exemplo, digite 5 se for importante detectar esta diferença entre as médias, mas as diferenças menores que 5 forem menos importantes.
    • Valores de poder: Entre um ou mais valores para especificar a probabilidade de que o teste detecte corretamente a diferença máxima entre as médias de nível de um único fator. Os valores comuns são 0,8 e 0,9. Por exemplo, os analistas inserem 0,9 para 90% de chance de que o teste irá detectar uma diferença prática na força entre os menor e a maior média de um fator.
  3. Em Desvio padrão, insira o desvio padrão das medidas de resposta em ensaios experimentais replicados. Normalmente, você estima esse valor a partir de pesquisa relacionada, estudos-piloto ou conhecimento do assunto. Se você já fez uma análise no Minitab que tenha produzido uma tabela ANOVA, pode usar a raiz quadrada do quadrado médio ajustado para erro. Também pode inserir 1. Quando você insere 1, os tamanhos de efeito são multiplicadores do desvio-padrão, em vez de unidades da variável de resposta. Por exemplo, se for especificado um tamanho de efeito 2 e um desvio padrão de 1, os cálculos são para um efeito que é o tamanho de 2 desvios padrão.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política