Exemplo de Poder e tamanho de amostra para teste t para 2 amostras

Um consultor de saúde deseja comparar os índices de satisfação dos pacientes de dois hospitais. Antes de coletar os dados de um teste t de 2 amostras, o consultor utiliza um cálculo de poder e tamanho da amostra para determinar o tamanho de amostra necessário para detectar uma diferença de 5 com uma probabilidade da ordem de 90% (poder de 0,9). Estudos anteriores indicam que as classificações têm um desvio padrão de 10.

  1. Selecione Estat > Poder e Tamanho de Amostra > Teste t para 2 Amostras.
  2. Em Diferenças, insira 5.
  3. Em Valores de poder, insira 0,9.
  4. Em Desvio padrão, insira 10.
  5. Clique em OK.

Interpretar os resultados

Para detectar uma diferença de 5 com um poder de 0,9, o consultor precisa coletar um tamanho amostral mínimo de 86. Como o valor de poder alvo de 0,9 resulta em um tamanho amostral que não é um número inteiro, o Minitab exibe também o poder (poder real) para o tamanho amostral arredondado.

Poder e Tamanho de Amostra

Teste t para 2 amostras Teste de média 1 = média 2 (versus ≠) Cálculo do poder para média 1 = média 2 + diferença α = 0,05 Desvio padrão assumido = 10
Resultados Tamanho Poder Diferença Amostral Alvo Poder Real 5 86 0,9 0,903230 O tamanho amostral é para cada grupo.

Curva de Poder para Teste t para 2 amostras

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política