Exemplo de Teste de equivalência para experimento cruzado 2x2

Um engenheiro de qualidade em uma empresa de saúde do consumidor quer determinar se o seu antiácido genérico equivale a um antiácido de marca. Dois grupos de participantes recebem um ciclo de 5 dias de um antiácido, seguido por um período de limpeza de 2 semanas e depois um ciclo de 5 dias do outro antiácido. O grupo 1 recebe o antiácido genérico (o tratamento de teste) seguido pelo antiácido de marca (o tratamento de referência). O grupo 2 recebe o antiácido de marca seguido pelo antiácido genérico. O engenheiro mede o pH gástrico no último dia de cada tratamento. Como valores de pH menores representam mais acidez, valores mais altos significam que o fármaco é mais eficaz. O engenheiro considerará os antiácidos equivalentes se o pH de teste ficar em 10% do pH de referência.

O engenheiro realiza um teste de equivalência para experimento cruzado 2x2 para determinar se o pH do teste está dentro de 10% do pH de referência.

  1. Abra os dados amostrais, AcidezEstomacal.MTW.
  2. Selecione Estat > Testes de Equivalência > Experimento Cruzado 2x2.
  3. Na lista suspensa, selecione Os dados para as duas sequências estão desempilhados.
  4. Em Ordem de tratamento para a sequência 1, selecione Teste, Referência.
  5. Em Sequência 1, Período 1, insira Grupo 1, Genérico. Em Sequência 1, Período 2, insira Grupo 1, Marca.
  6. Em Sequência 2, Período 1, insira Grupo 2, Marca. Em Sequência 2, Período 2, insira Grupo 2, Genérico.
  7. Em Hipótese sobre, selecione Média de teste - média de referência.
  8. Em O que você deseja determinar? (Hipótese alternativa), selecione Limite inferior < média de teste - média de referência < limite superior.
  9. Em Limite inferior, insira –0,1.
  10. Em Limite superior, insira 0,1.
  11. Selecione Multiplicar pela média da referência.
  12. Clique em Opções.
  13. Em Rótulo para o tratamento de referência, tipo Marca. Em Rótulo para o tratamento de teste, tipo Genérico.
  14. Clique em OK em cada caixa de diálogo.

Interpretar os resultados

Importante

Se o efeito de transporte ou o efeito de período for significativo, os resultados do teste de equivalência podem não ser confiáveis.

O valor de p para o efeito de transporte (0,498) e o valor de p para efeito do período (0,128) são ambos maiores do que 0,05. Assim, estes efeitos não são significativos ao nível de 0,05.

O valor de p para o efeito de tratamento (0,000) é menor do que 0,05. Assim, o efeito do tratamento é significativo ao nível 0,05. O efeito de tratamento significativo indica que um antiácido é melhor do que o outro para aumentar o pH gástrico. O antiácido genérico não elevou o pH gástrico tanto quanto o antiácido de marca. O pH gástrico médio após o uso do antiácido genérico foi aproximadamente 0,321 menor do que o pH médio após o uso do antiácido de marca.

O intervalo de confiança para equivalência (-0,42735, 0) cai parcialmente fora do intervalo de equivalência (-0,42503, 0,42503). Assim, o engenheiro não pode afirmar que os dois antiácidos são igualmente eficazes na redução da acidez estomacal.

Teste de Equivalência para Experimento Cruzado 2x2: Grupo 1, Genérico, Grupo 1,

Método Ordem de tratamento para indivíduos na sequência 1: Genérico, Marca Ordem de tratamento para indivíduos na sequência 2: Marca, Genérico Limite inferior de equivalência = -0,1 × média amostral de referência = -0,42503 Limite superior de equivalência = 0,1 × média amostral de referência = 0,42503
Estatísticas Descritivas Período 1 Período 2 Sequência N Média DesvPad Média DesvPad 1 9 4,0911 0,68641 4,3144 0,63677 2 8 4,1862 0,74110 3,7675 0,65741 Desvio padrão dentro dos indivíduos = 0,08825
Efeitos Efeito EP GL Valor-T Valor-p IC 95% para equivalência Carryover 0,45181 0,64988 15 0,69521 0,498 (-0,93339; 1,8370) Tratamento -0,32104 0,060641 15 -5,2941 0,000 (-0,45030; -0,19179) Período -0,097708 0,060641 15 -1,6112 0,128 (-0,22696; 0,031546)
Diferença: Média(Genérico) - Média(Marca) IC 95% para Intervalo de Diferença EP equivalência Equivalência -0,32104 0,060641 (-0,427349; 0) (-0,425035; 0,425035) O IC está dentro do intervalo de equivalência. Não é possível afirmar que equivalência.
Teste Hipótese nula: Diferença ≤ -0,42503 ou Diferença ≥ 0,42503 Hipótese alternativa: -0,42503 < Diferença < 0,42503 Nível α: 0,05
Hipótese Nula GL Valor-T Valor-p Diferença ≤ -0,42503 15 1,7149 0,053 Diferença ≥ 0,42503 15 -12,303 0,000 O maior dos dois valores-P é 0,053. Não é possível afirmar que equivalência.

Teste de equivalência: Média(Genérico) - Média(Marca)

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política