Insira seus dados para Teste de equivalência de 1 amostra

Estat > Testes de Equivalência > Teste para 1 amostra

Insira seus dados

Selecione a opção que melhor descreve seus dados.

Amostra em uma coluna

Se os seus dados estiverem em uma coluna da worksheet, conclua as etapas a seguir.

  1. Na lista suspensa, selecione Amostra em uma coluna.
  2. Em Amostra, entrar na coluna de dados numéricos que você deseja analisar.
    Dica

    Clique em Amostra para ver as colunas que estão disponíveis para a sua análise.

  3. Em Alvo, insira um alvo ou um valor de referência. Por exemplo, o valor-alvo de ingrediente ativo para um novo medicamento genérico é 250 mg/ml.
Nesta worksheet, Intensidade contém a quantidade de ingrediente ativo numa amostra aleatória de comprimidos de medicamento.
C1
Resistência
250,1
253,0
247,8
248,2

Dados sumarizados

Se você tiver estatísticas de resumo para cada amostra, em vez de dados reais de amostra na worksheet, conclua as etapas a seguir.

  1. Na lista suspensa, selecione Dados sumarizados.
  2. Insira as estatísticas de resumo em Tamanho amostral, Média, e Desvio padrão.
  3. Em Alvo, insira um alvo ou um valor de referência. Por exemplo, o alvo de ingrediente ativo para um novo medicamento genérico é 250 mg/ml.

Hipótese alternativa

Na lista suspensa, selecione a hipótese de que você quer comprovar ou demonstrar.
Limite inferior < média de teste - alvo < limite superior

Testa se a diferença entre a média da população de teste e o alvo estão dentro dos limites especificados.

Por exemplo, um analista quer determinar se a intensidade média de um medicamento genérico está dentro de ± 10 mg / ml da intensidade alvo.

Média de teste > alvo

Testar se a média da população de teste é maior do que o alvo.

Por exemplo, um analista de alimentos deseja determinar se uma formulação mais barata de um alimento seco para cães tem uma quantidade médio de proteína superior a 20 g (por 100 g de alimento).

Média de teste < alvo

Testa se a média da população de teste é menor do que o alvo.

Por exemplo, um analista quer determinar se o tempo médio para um novo medicamento para produzir efeito é menor do que 5 minutos.

Média de teste - alvo > limite inferior

Testa se a diferença entre a média da população de teste e o alvo é maior que um limite inferior.

Por exemplo, um pesquisador pretende determinar se uma droga experimental induz uma redução média na pressão sanguínea diastólica, que seja maior do que a redução esperada (alvo) por 3 mm Hg ou mais.

Média de teste - alvo < limite superior

Testa se a diferença entre a média da população de teste e o alvo é inferior a um limite máximo.

Por exemplo, um analista quer determinar se o tempo médio de espera em um departamento de emergência é inferior a 10% além da meta.

Limites de equivalência

Insira um valor para cada limite de equivalência que esteja incluído na hipótese alternativa.

Limite inferior

Insira o valor mínimo aceitável para a diferença. Você deseja demonstrar que a diferença entre a média da população de teste e o alvo não é inferior a este valor.

Limite superior

Insira o maior valor aceitável para a diferença. Você deseja demonstrar que a diferença entre a média da população de teste e o alvo não exceda a este valor.

Multiplicar pelo alvo

Selecione para especificar que o limite representa uma parte do alvo. Use para testar se a média da população de teste está dentro de uma determinada porcentagem de um alvo. Por exemplo, selecione esta opção para alterar o limite de um valor fixo de 0,1 para um valor que é igual a 10% do alvo.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política