Exemplo de Teste para 2 variâncias

Um consultor de saúde deseja comparar os índices de satisfação dos pacientes de dois hospitais. O consultor coleta as classificações de 20 pacientes para cada um dos hospitais.

O consultor executa um teste de 2 variâncias para determinar se os desvios-padrão nas avaliações de pacientes de dois hospitais são diferentes.

  1. Abra os dados amostrais, ComparaçãoDeHospital.MTW.
  2. Selecione Estat > Estatísticas Básicas > Teste para 2 Variâncias.
  3. Na lista suspensa, selecione As duas amostras estão em uma coluna.
  4. Em Amostras, insira Classificação.
  5. Em Identificações de Amostra, insira Hospital.
  6. Clique em OK.

Interpretar os resultados

A hipótese nula afirma que a relação entre os desvios-padrão é 1. Como os valores de p são ambos maiores do que o nível de significância (denotado como α ou alfa) de 0,05, o consultor não rejeita a hipótese nula. O consultor não tem evidências suficientes para concluir que os desvios padrão entre os hospitais são diferentes.

Teste e IC para Duas Variâncias: Classificação versus Hospital

Método σ₁: desvio padrão de Classificação quando Hospital = A σ₂: desvio padrão de Classificação quando Hospital = B Razão: σ₁/σ₂ Os métodos de Bonett e Levene são válidos para toda distribuição contínua.
Estatísticas Descritivas IC de 95% Hospital N DesvPad Variância para σ A 20 8,183 66,958 (5,893; 12,597) B 20 12,431 154,537 (8,693; 19,709)
Razão de desvios padrão 95% IC da 95% IC da Razão Razão usando Razão usando Estimada Bonett Levene 0,658241 (0,372; 1,215) (0,378; 1,296)
Teste Hipótese nula H₀: σ₁ / σ₂ = 1 Hipótese alternativa H₁: σ₁ / σ₂ ≠ 1 Nível de significância α = 0,05
Estatística Método de teste GL1 GL2 Valor-p Bonett 2,09 1 0,148 Levene 1,60 1 38 0,214
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política