Métodos e fórmulas para Vício de Medição

Selecione o método ou a fórmula de sua escolha.

Vício

Vício é a diferença entre o valor de referência da peça e as medições do operador da peça.

Fórmula

Vício médio para cada peça:

Notação

TermoDescrição
zi,j ja medição da ia peça
refivalor de referência da ia peça
minúmero de réplicas da ia peça

%Bias

%Bias é o vício expresso como uma porcentagem da variação global do processo.

Fórmulas

%Bias = 100 * (|Vício Médio| / Variação do Processo)

Notação

TermoDescrição
zi,j ja medição da ia peça
refivalor de referência da ia peça
minúmero de réplicas da ia peça

O valor p para: Estudo de linearidade e vício de medição

Use os valores de p para testar se vício = 0 em cada valor de referência, e se vício médio = 0.

O valor de p é definido como a área sob a distribuição de amostragem à direita de + | estatística de teste | e a área sob a distribuição de amostragem à esquerda de - | estatística de teste |. O valor de p na saída é obtido a partir da utilização da distribuição t com df γ e a estatística t.

O Minitab fornece cálculos da estatística t específicos para o método de intervalo de amostras e para o método do desvio padrão da amostra.

Método do intervalo de amostras

O Minitab usa a faixa de amostras (padrão) ou desvio padrão da amostra para estimar o desvio padrão de repetibilidade. O desvio padrão da repetibilidade é usado para calcular o valor t, o que leva ao cálculo do valor de p para testar vício = 0 para todos os valores de referência e para cada referência.

Fórmulas

Para o método de intervalo de amostras, quando cada valor de referência distinto corresponde a uma única peça, o desvio padrão de repetibilidade:

Quando mais do que uma peça tem o mesmo valor de referência, o desvio padrão de repetibilidade:

A estatística t para o vício do teste é:

Os graus de liberdade (γ) são obtidos a partir de uma tabela do manual AIAG1. O Minitab utiliza a distribuição t com γ df e o valor t para calcular o valor de p.

Notação

TermoDescrição
Xio vício da ia medição para a peça
d2um valor na tabela1, com amostra de tamanho = n
amplitude média

Método do desvio padrão da amostra

Minitab usa a amplitude de amostras (padrão) ou desvio padrão da amostra para estimar o desvio padrão de repetibilidade. O desvio padrão de repetibilidade é usado para calcular o valor de t, o que leva ao cálculo do valor de p para testar vício = 0.

Fórmulas

Para o método de desvio padrão de amostras, quando um valor de referência corresponde a uma única peça, o desvio padrão de repetibilidade:

A estatística t para o vício do teste é:

Os graus de liberdade são n - 1. O valor de p na saída é obtido a partir da distribuição t utilizando o valor de t e os graus de liberdade.

Quando mais do que uma peça tem o mesmo valor de referência, o desvio padrão da repetibilidade é o desvio padrão combinado da amostra s entre as peças com o mesmo valor de referência:

A estatística t para o vício do teste é:

Os graus de liberdade são (n1- 1) + ... + (ng - 1). O valor de p na saída é obtido a partir da distribuição t utilizando o valor de t e os graus de liberdade.

Notação

TermoDescrição
xia medição da peça
medição média da peça
ntamanho médio
S1o desvio padrão da amostra para a peça 1 com n1 medições
Sgo desvio padrão da amostra para a peça g com ng medições
1 Automotive Industry Action Group (AIAG) (2010). Manual de Referência de Análise de Sistemas de Medição, 4ª edição. Força Tarefa de Requisitos da Qualidade de Fornecedores da Chrysler, Ford e General Motors.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política