Visão geral de Carta de valores individuais

Use Carta de valores individuais para monitorar a média do seu processo quando você tem dados contínuos que são observações individuais que não estão em subgrupos. Utilize esta carta de controle para monitorar a estabilidade do processo ao longo do tempo para que seja possível identificar e corrigir as instabilidades em um processo.

Por exemplo, um administrador de hospital deseja determinar se o tempo para realizar cirurgia de hérnia em ambulatório é estável. Como os dados não são coletados em subgrupos, o administrador usa uma carta de valores individuais (carta I) para monitorar a média e a variação dos tempos de cirurgia.

Os pontos variam aleatoriamente ao redor da linha central e estão dentro dos limites de controle. Nenhuma tendência ou padrão estão presentes. A quantidade de tempo para realizar cirurgia de hérnia nos tempos são estáveis.

Observação

A variação do processo deve estar sob controle antes da avaliação do centro do processo usando um a carta de valores individuais porque os limites de controle da carta de valores individuais são calculados usando a variação dentro do subgrupo. Se a variação do processo não estiver estável, os limites de controle da carta de valores individual será questionável e a carta poderá mostrar um sinal fora de controle falso. Use uma carta de amplitude móvel para determinar se a variação processo está sob controle.

Onde encontra esta carta de controle

Para criar uma carta de valores individuais, escolha Estat > Cartas de Controle > Cartas de Variáveis para Dados Individuais > Dados Individuais.

Quando usar uma carta de controle alternativa

  • Se você pode coletar dados em subgrupos, use Carta Xbarra.
  • Se seus dados são contagens de defeituosos ou de defeitos, use uma carta de controle por atributos, como Carta P ou Carta U.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política