Considerações de dados para Carta U' de Laney

Para garantir que seus resultados sejam válidos, considere as seguintes diretrizes ao coletar dados, realizar a análise, e interpretar os resultados.

Você deve ser capaz de contar o número de defeitos em cada item ou unidade

Se você puder determinar somente se um item é defeituoso ou não defeituoso, use Carta P ou Carta P' de Laney para representar a proporção de itens defeituosos ou use Carta NP para representar o número de itens defeituosos.

Os dados devem estar em ordem cronológica

Como as cartas de controle detectam mudanças ao longo do tempo, a ordem dos dados é importante. Você deve inserir os dados na ordem em que foram coletados, com os dados mais antigos no topo da worksheet.

Os dados devem ser coletados em intervalos de tempo apropriados

Os dados coletados em intervalos de tempo com espaçamento igual, como a cada hora, a cada turno ou todos os dias. Selecione um intervalo de tempo que seja curto o suficiente para que você possa identificar as mudanças no processo, logo que as mudanças ocorram.

Coletar dados em subgrupos

Um subgrupo é uma coleção de itens semelhantes que sejam representativos da saída do processo que se pretende avaliar. Um subgrupo pode ser uma única unidade ou uma coleção de unidades de tamanho semelhante. Por exemplo, você poderia registrar o número de imperfeições da superfície de um painel LCD (uma única unidade) ou para um conjunto de painéis de LCD que são todos do mesmo tamanho.

Se o subgrupo for uma coleção de unidades, ele deve ser coletado sob as mesmas condições de processo, como pessoal, equipamento, fornecedores ou ambiente. Se você não coletar dados em subgrupos onde os itens estão sujeitos às mesmas condições de processo, você pode não ser capaz de distinguir entre variação de causa comum e causa especial.

Os subgrupos devem ser grandes o bastante

Se os subgrupos não forem grandes o bastante, os limites de controle podem não ser exatos quando eles são estimados dos dados. O tamanho do subgrupo necessário () depende do número médio de defeitos por unidade (). Use a seguinte fórmula para determinar se seus subgrupos são grandes o suficiente, . Por exemplo, se o número médio de defeitos por unidade for 0,06, todos os subgrupos devem ter, no mínimo 9 unidades: , quando arredondado para o número inteiro mais próximo = 9.

Você deve coletar subgrupos suficientes para obter limites de controle precisos

Se você não tiver subgrupos suficientes, ainda poderá usar a carta de controle, mas você deve considerar os resultados preliminares porque os limites de controle podem não ser precisos. Se você estiver usando a carta em uma base contínua, estime novamente os limites de controle depois de você ter coletado subgrupos suficientes.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política