Exemplo de Sixpack de capacidade normal

Um fabricante de motores usa um processo de fundição para fazer anéis de pistão. Os engenheiros de qualidade querem avaliar a capacidade do processo. Eles coletam 25 subgrupos de cinco anéis de pistão e medem o diâmetro. Os limites de especificação do diâmetro do anel do pistão são 74,0 mm ± 0,05 mm.

Os engenheiros efetuam uma análise de capacidade normal sixpack para verificar as pressuposições para a análise de capacidade normal e para avaliar até que ponto os diâmetros dos anéis de pistão atendem aos requisitos do cliente.

  1. Abra os dados amostrais, DiâmetroDoAnelDoPistão.MTW.
  2. Selecione Estat > Ferramentas da Qualidade > Capability Sixpack > Normal.
  3. Em Coluna única, insira Diâmetro.
  4. Em Tamanho do subgrupo, insira 5.
  5. Em Espec inferior, insira 73,95.
  6. Em Espec superior, insira 74,05.
  7. Clique em Opções.
  8. Em Alvo (adiciona Cpm à tabela), insira 74.
  9. Clique em OK em cada caixa de diálogo.

Interpretar os resultados

Os gráficos Xbar e R indicam que o processo está estável, sem pontos além dos limites de controle. O gráfico dos Últimos 25 subgrupos indica que os dados são distribuídos aleatoria e simetricamente em torno da média do processo. O gráfico de probabilidade normal indica que os dados são normalmente distribuídos. Portanto, as pressuposições para análise de capacidade normal são satisfeitas e a capacidade do processo pode ser analisada.

O histograma mostra que os índices de capacidade indicam que o processo é aproximadamente centralizado no alvo e as medições estão dentro dos limites de especificação. As capacidades dos índices Cpk, Ppk e Cpm são todas maiores que 1,33, o que é um valor mínimo geralmente aceito para um processo capaz. Portanto, os engenheiros concluem que o processo de forja satisfaz aos requisitos do cliente para os diâmetros dos anéis de pistão.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política