Visão geral de Análise de capacidade normal para múltiplas variáveis

Use Análise de capacidade normal para múltiplas variáveis para comparar a capacidade de várias variáveis do processo para vários grupos dentro de uma variável de processo, com base em uma distribuição normal. Com esta análise, é possível fazer o seguinte:

  • Determine se o processo é capaz de produzir uma saída que atenda às necessidades do cliente.
  • Comparar a capacidade geral do processo com a sua capacidade potencial (dentro) a fim de avaliar a oportunidade de melhorias.

Para realizar a análise, você deve especificar um limite de especificação inferior ou superior (ou ambos) para definir seus requisitos de processo. A análise avalia a dispersão dos dados do processo em relação aos limites de especificação. Quando um processo é capaz, a dispersão do processo é menor do que a dispersão da especificação. A análise de capacidade também pode indicar se seu processo está centralizado e no alvo. Além disso, a análise estima a proporção do produto que não atende às especificações.

Por exemplo, um fabricante usa duas máquinas para produzir pinos de conectores. O intervalo de especificação do comprimento do pinos é 13 mm a 25 mm. O gerente usa a análise de capacidade normal para múltiplas variáveis para comparar a capacidade do processo das duas máquinas.

Observação

Esta análise inclui funções de transformação para transformar os dados não normais para ajustar uma distribuição normal. Também é possível usar essa análise para executar uma análise entre/dentro para múltiplas variáveis.

Onde encontrar esta análise

Para realizar uma análise de capacidade normal para múltiplas variáveis, escolha Estat > Ferramentas da Qualidade > Análise de Capacidade > Múltiplas Variáveis (Normal).

Quando usar uma análise alternativa

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política