Insira seus dados para Amostragem de aceitação para variáveis (criar/comparar)

Estat > Ferramentas da Qualidade > Amostragem de Aceitação para Variáveis > Criar/Comparar

Crie um plano de amostragem

Conclua as etapas a seguir para determinar o tamanho amostral e os critérios para aceitar ou rejeitar um lote inteiro.
  1. Na lista suspensa, selecione Criação de Plano de Amostragem.
  2. Em Unidades para níveis de qualidade, selecione Percentual de defeituosos, Proporção de defeituosos ou Defeituosos por milhão para representar o nível de defeituosos no processo.
  3. Em Nível de qualidade aceitável (NQA), insira um número para representar a taxa de defeito mais alta no processo de um fornecedor que seja considerada aceitável. Você deseja criar um plano de amostragem que aceite um determinado lote de produtos no NQA a maior parte do tempo.
    Observação

    O NQA deve ser menor do que o NQR.

  4. Em Nível de qualidade rejeitável (NQR OU TLPD), insira um número para representar a maior taxa de defeito que o consumidor está disposto a tolerar em um lote individual. Você deseja criar um plano de amostragem que aceite um determinado lote de produtos no NQR a maior parte do tempo.
    Observação

    O NQR deve ser maior do que o NQA.

  5. Em Risco do produtor (Alfa), insira em um valor entre 0 e 1 para representar α. 1 – α representa a probabilidade desejada de aceitar um lote em NQA.
  6. Em Risco do cliente (Beta), insira um valor entre 0 e 1 – α para representar β. β representa a probabilidade desejada de aceitar um lote em NQR.
  7. Em Espec inferior, insira o limite de especificação inferior. Você deve inserir pelo menos um limite de especificação.
  8. Em Espec superior, insira o limite de especificação superior. Você deve inserir pelo menos um limite de especificação.
  9. Opcional: Em Desvio padrão histórico, insira o desvio padrão conhecido do seu processo. Use esta opção quando tiver coletado dados suficientes ao longo do tempo para afirmar com confiança o qual é desvio padrão do processo.
  10. Opcional: Em Tamanho do lote, insira um número para representar o tamanho do lote ou o tamanho de toda a remessa que você vai aceitar ou rejeitar. Não é necessário especificar um tamanho de lote se você especificar os riscos de NQA, NQR, e alfa e beta. No entanto, o Minitab exige o tamanho do lote para calcular a curva AOQ e a curva ATI.

Comparar planos de amostragem definidos pelo usuário

Complete as etapas a seguir para comparar os vários planos de amostragem a fim de determinar os efeitos dos diferentes critérios de tamanho amostral ou de aceitação. Por exemplo, compare os seus planos de amostragem atuais com os planos concorrentes.
  1. Na lista suspensa, selecione Comparar Planos de Amostragem Definidos pelo Usuário.
  2. Em Unidades para níveis de qualidade, selecione Percentual de defeituosos, Proporção de defeituosos ou Defeituosos por milhão para representar o nível de defeituosos no processo.
  3. Em Nível de qualidade aceitável (NQA), insira um número para representar a taxa de defeito mais alta no processo de um fornecedor que seja considerada aceitável. Você deseja criar um plano de amostragem que aceite um determinado lote de produtos no NQA a maior parte do tempo.
    Observação

    O NQA deve ser menor do que o NQR.

  4. Em Nível de qualidade rejeitável (NQR OU TLPD), insira um número para representar a maior taxa de defeito que o consumidor está disposto a tolerar em um lote individual. Você deseja criar um plano de amostragem que aceite um determinado lote de produtos no NQR a maior parte do tempo.
    Observação

    O NQR deve ser maior do que o NQA.

  5. Em Tamanhos amostrais, especifique os tamanhos amostrais que você deseja comparar em vários planos de amostragem. Em Distâncias críticas (valores k), especifique as distâncias críticas que você deseja comparar em vários planos de amostragem.
    • Especifique um tamanho amostral e várias distâncias críticas para considerar o efeito da variação das distâncias críticas.
    • Especifique vários tamanhos de amostrais com apenas uma distância crítica para considerar o efeito da variação do tamanho amostral.
    • Especifique combinações de tamanho amostral e distancias críticas para considerar combinações específicas emparelhadas. Use o mesmo número de tamanhos amostrais e distâncias críticas.
  6. Opcional: Em Tamanho do lote, insira um número para representar o tamanho do lote ou o tamanho de toda a remessa que você vai aceitar ou rejeitar. Não é necessário especificar um tamanho de lote se você especificar os riscos de NQA, NQR, e alfa e beta. No entanto, o Minitab exige o tamanho do lote para calcular a curva AOQ e a curva ATI.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política