Exemplo de criação de um plano de amostragem de aceitação de variáveis

Um engenheiro de produção recebe remessas semanais segmentos de tubos de plástico de 2 polegadas para um processo de montagem. O tamanho do lote é 2500.

O engenheiro decide implementar um plano de amostragem para verificar a espessura da parede do tubo. A especificação inferior para a espessura da parede do tubo é de 0,09 polegadas. O engenheiro e o fornecedor concordam que a NQA é de 100 defeituosos por milhão e a NQR é de 300 defeituosos por milhão.

  1. Selecione Estat > Ferramentas da Qualidade > Amostragem de Aceitação para Variáveis > Criar/Comparar.
  2. Na lista suspensa, selecione Criação de Plano de Amostragem.
  3. Em Unidades para níveis de qualidade, selecione Defeituosos por milhão.
  4. Em Nível de qualidade aceitável (NQA), insira 100.
  5. Em Nível de qualidade rejeitável (NQR OU TLPD), insira 300.
  6. Em Risco do produtor (Alfa), insira 0,05.
  7. Em Risco do cliente (Beta), insira 0,10.
  8. Em Espec inferior, insira 0,09.
  9. Em Desvio padrão histórico, insira 0,025.
  10. Em Tamanho do lote, insira 2500.
  11. Clique em OK.

Interpretar os resultados

Para cada lote de 2.500 segmentos de tubos, o engenheiro deve selecionar e medir aleatoriamente a espessura de 104 tubos.

Se Z.LSL for maior do que a distância crítica, neste caso k = 3,55750, o engenheiro aceita todo o lote. Caso contrário, o engenheiro rejeita todo o lote.

Nesse caso, a probabilidade de aceitação em NQA (100 defeituosos por milhão) é de 0,95, e a probabilidade de rejeição é de 0,05. O engenheiro e o fornecedor concordam que lotes de 100 defeituosos por milhão seriam aceitos aproximadamente 95% do tempo para proteger o produtor. A probabilidade de aceitação em NQR (300 defeituosos por milhão) é de 0,10, e a probabilidade de rejeição é 0,90. O engenheiro e o fornecedor concordaram que os lotes de 300 defeituosos por milhão seriam rejeitados na maioria das vezes para proteger o consumidor.

Quando lotes inteiros são rejeitados, eles geralmente são submetidos a inspeção de 100%, com itens defeituosos substituídos ou retrabalhados. Este tipo de inspeção é chamado de inspeção de retificação . Use as seguintes métricas para compreender o impacto de 100% de inspeção e retrabalho:
  • A qualidade média à saída (AOQ) representa a qualidade média do lote após a inspeção e retrabalho adicional. O nível de AOQ é de 91,1 defeituosos por milhão na AQL e 28,6 defeituosos por milhão na RQL. O limite de qualidade média à saída (AOQL) = 140,6 a 140 defeituosos por milhão e representa o pior caso para o nível de qualidade de saída.
  • A inspeção média total (ATI) representa o número médio de itens inspecionados após a inspeção e retrabalho adicional. A ATI por lote representa o número médio de tubos inspecionados em um nível de qualidade particular e probabilidade de aceitação. Para o nível de qualidade de 100 defeituosos por milhão, o número médio total de tubos inspecionados por lote é 223,2. Para o nível de qualidade de 300 defeituosos por milhão, o número médio total de tubos inspecionados por lote é 2261,4.

Amostragem de Aceitação para Variáveis - Criar/Comparar

Qualidade do lote em defeituosos por milhão

Método Limite Inferior de Especificação (LIE) 0,09 Desvio Padrão Histórico 0,025 Tamanho do Lote 2500 Nível de Qualidade Aceitável (NQA) 100 Risco do Produtor (α) 0,05 Nível de Qualidade Rejeitável (NQR ou PDTL) 300 Risco do Cliente (β) 0,1
Plano(s) Gerado(s) Tamanho Amostral 104 Distância Crítica (Valor k) 3,55750 Z.LIE = (média - espec inferior)/desvio padrão histórico Aceitar lote se Z.LIE for ≥ k; caso contrário, rejeitar.

Defeituosos Probabilidade Probabilidade por Milhão de Aceitar de Rejeitar QMS ITM 100 0,950 0,050 91,1 223,2 300 0,100 0,900 28,6 2261,4

Limites de qualidade média à saída (LQMS) A Defeituosos LQMS por Milhão 104,6 140,0
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política