Exemplo de Correlação cruzada

Um engenheiro ambiental espera uma correlação entre os sedimentos em suspensão na água em dois locais de um rio durante 15 dias. O engenheiro espera uma correlação entre os dois locais. Como um desses locais fica mais longe rio abaixo, o engenheiro espera que o padrão de correlação seja consistente com o tempo necessário para que a água se mova entre os dois locais.

O engenheiro realiza uma análise de correlação cruzada para determinar o número de dias em que a água leva para se mover de montante para jusante.

  1. Abra os dados amostrais, SedimentosDeRio.MTW.
  2. Selecione Estat > Séries Temporais > Correlação Cruzada.
  3. Em Primeira série, insira Rio acima.
  4. Em Segunda série, insira Rio abaixo.
  5. Clique em OK.

Interpretar os resultados

A função de correlação cruzada mostra um grande pico para o lag em -2. Geralmente, o valor aproximado de 0,92 é significativamente diferente de 0, porque é maior do que 0,55 = . Esta é uma regra de outro para o cálculo que indica que a correlação está a mais do que 2 desvios padrão de 0. O engenheiro pode concluir que a água se move a partir do local a montante para o local a jusante em dois dias.

Função de Correlação Cruzada: Rio acima; Rio abaixo

FCC - correlaciona Rio acima(t) e Rio abaixo(t+k)

Correlações Cruzadas Lag FCC -13 0,088605 -12 -0,094967 -11 -0,044034 -10 0,002249 -9 -0,075707 -8 -0,129418 -7 -0,211479 -6 0,274646 -5 0,070625 -4 -0,080266 -3 -0,116391 -2 0,919857 -1 -0,030654 0 -0,244537 1 -0,020511 2 0,137672 3 -0,169664 4 -0,288815 5 -0,143804 6 -0,027369 7 0,144552 8 -0,169233 9 0,133472 10 0,176201 11 -0,026856 12 -0,041351 13 -0,026638

Correlação Cruzada para Rio acima; Rio abaixo

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política