Tabela de regressão – modelo por probito para Análise por probito

A regressão por probito examina a relação entre duas variáveis.
  • Uma resposta binomial, que é se a unidade sobreviveu ou não após a aplicação de estresse.
  • Uma variável de estresse contínuo, que é a medida da estresse aplicado à unidade.

O modelo por probito usa a função distribuição acumulada selecionada para conectar o nível de estresse a uma probabilidade de falha. Use o modelo por probito para examinar como a probabilidade de um evento muda de acordo com as mudanças no nível de estresse e para prever a probabilidade de um evento para qualquer valor de estresse na faixa experimental.

O coeficiente constante é o valor da função distribuição acumulada inversa quando nenhum estresse é aplicado e a taxa de resposta natural é 0. A taxa de resposta natural é a probabilidade de que uma unidade falhe sem ser exposta a qualquer estresse. Esta estatística é usada em situações com elevada mortalidade ou elevadas taxas de falha. Se a taxa de resposta natural for maior do que 0, o estresse não causa todas as falhas na análise.

Saída do exemplo

Tabela de Regressão Variável Coef. Erro Padrão Z P Constante -6,20376 1,06565 -5,82 0,000 Estresse 0,0089596 0,0015615 5,74 0,000 Natural Resposta 0 Log-verossimilhança = -38,516

Interpretação

Para os dados de para-brisas, a estimativa do coeficiente de Estresse, β1, é 0,0089596 e a estimativa do coeficiente Constante, β0, é −6.20376. O coeficiente positivo para o Estress indica que o aumento da velocidade aumenta a probabilidade de quebra do para-brisa.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política