Identifique as configurações de fator que produzem a menor variabilidade em um experimento fatorial de 2 níveis

Análise de Variabilidade identifica configurações de fatores que geram resultados menos variáveis em experimentos fatoriais com 2 níveis com medições repetidas ou replicadas. O Minitab calcula e armazena os desvios padrão de suas respostas e analisa-os para detectar diferenças, ou efeitos de dispersão, em todas as configurações de fatores.

Por exemplo, uma editora deseja determinar qual a impressora (1 ou 2) e velocidade da linha (A ou B) que resultam na melhor qualidade de impressão. Usando Análise de Variabilidade, eles determinam que uma combinação de configurações (impressora 1 e velocidade de linha B) resulta em variação excessiva que gera um grande número de páginas ilegíveis. Analisando as médias usando Análise de Experimento Fatorial, eles podem determinar as configurações que produzem a melhor média e a resposta mais consistente.

É possível usar os resultados de Análise de Variabilidade como pesos quando você analisar as respostas médias em Análise de Experimento Fatorial. Se as variâncias não são constantes, as observações com grandes variâncias recebem um peso relativamente pequeno, e as observações com pequenas variâncias recebem um peso relativamente grande.

  • Acesse Estat > DOE (Planejamento de Experimento) > Fatorial > Análise de Variabilidade.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política