Todas as estatísticasCriar uma Filtragem de Experimento Definitiva

Encontre definições e orientações de interpretação para cada estatística fornecida com a criação de uma filtragem de experimento definitiva.

Fatores

O número mostra quantos fatores estão no experimento.

Interpretação

Os fatores são as variáveis que você controla no experimento. Eles também são conhecidos como variáveis independentes, variáveis explicativas e variáveis preditoras. Assumem apenas um número limitado de valores possíveis, conhecidos como níveis de fator. Os fatores podem ter níveis de texto ou numéricos. Para fatores numéricos, selecione níveis específicos para o experimento, apesar de muitos valores para o fator serem possíveis. Para fatores categóricos, é possível ter apenas dois níveis.

Por exemplo, você está estudando fatores que podem afetar a resistência do plástico durante o processo de fabricação. Você inclui fatores para o aditivo e a temperatura no experimento. O aditivo é uma variável categórica. O aditivo pode ser do tipo A ou B.

A temperatura é uma variável contínua. Como a temperatura é um fator numérico, há três ajustes de temperatura no experimento. O nível baixo é de 100 °C. O nível alto é de 200 °C. O ponto médio destes dois níveis também está no experimento, a 150 °C.

Réplicas

O número mostra quantas replicações estão no experimento.

Interpretação

Replicações são vários ensaios experimentais com as mesmas definições de fatores (níveis). Uma replicação é equivalente ao experimento básico, em que é possível realizar cada combinação de níveis de fatores uma vez. Com duas replicações, você executa cada combinação de níveis de fatores no experimento básico duas vezes (em ordem aleatória), e assim por diante.

Por exemplo, se você tiver 4 fatores, o experimento básico representa uma replicação e tem 13 ensaios. Se você adicionar 2 replicações, o experimento inclui 3 replicações e tem 39 ensaios.

Ao planejar seu experimento, considere o seguinte quando você decidir se deseja adicionar replicações:
  • Se você está tentando criar um modelo de predição, usar várias replicações pode aumentar a precisão do modelo.
  • Se você incluir replicações, talvez consiga detectar os efeitos menores, pois você terá maior poder para detectar um efeito de tamanho fixo.
  • Filtragens de experimentos, que são usadas para reduzir um grande conjunto de fatores, normalmente não incluem inicialmente replicações. Filtragens de experimentos incluem experimentos Plackett-Burman, filtragens de experimentos definitivas e alguns experimentos fatoriais 2 níveis.
  • Os recursos disponíveis podem ditar o número de replicações que podem ser executadas. Por exemplo, se o experimento for extremamente caro, talvez você consiga executar o experimento básico apenas uma vez.

Para obter mais informações sobre a diferença entre replicações e repetições, acesse Replicações e repetições em experimentos planejados.

Ensaios básicos

O número de ensaios básicos é o número de combinações únicas de nível de fator no experimento básico. O número total de ensaios é o número de ensaios básicos multiplicado pelo número de replicações.

Interpretação

Use o número de ensaios básicos para identificar o experimento. Uma corrida é uma condição experimental ou combinação de níveis de fatores nas quais as respostas são medidas. Cada ensaio corresponde a uma linha na worksheet e resulta em uma ou mais medidas de resposta ou observações. Por exemplo, você executa um experimento fatorial com dois fatores, cada qual com dois níveis. Seu experimento tem quatro ensaios:

Os experimentos básicos são o experimento inicial, ou ponto de partida, a partir do qual o Minitab pode construir o experimento final. Você pode adicionar replicações, as quais adicionam ensaios ao número básico de ensaios. Por exemplo, você cria uma filtragem de experimento definitiva com 8 fatores. O número básico de ensaios é 17. Com 2 replicações, o número total de ensaios é 34.

Ensaio Fator 1 Fator 2 Resposta
1 -1 -1 11
2 1 -1 12
3 -1 1 10
4 1 1 9
5 1 -1 8
6 1 1 12
7 -1 1 10
8 -1 -1 11
Observação

Ao se executar um experimento, a ordem das corridas deve ser randomizada.

Cada ensaio corresponde a um ponto do experimento, e todo o conjunto de ensaios é o experimento. Várias execuções das mesmas condições experimentais são consideradas ensaios separados e são chamadas replicações.

Ensaios totais

O número total de ensaios é o número de ensaios básicos multiplicado pelo número de replicações. O número total de ensaios é igual ao número de linhas na worksheet.

Interpretação

Use o número total de ensaios para assegurar que o experimento tenha o tamanho certo para os seus recursos. Um ensaios é uma condição experimental ou combinação de níveis de fatores nas quais as respostas são medidas. Normalmente cada ensaio corresponde a uma linha na worksheet, e os resultados em uma ou mais medidas de resposta ou observações. Por exemplo, você executa um experimento fatorial completo com dois fatores, cada qual com dois níveis e tem duas replicações. Seu experimento tem oito ensaios:
Ensaio Fator 1 Fator 2 Resposta
1 -1 -1 11
2 1 -1 12
3 -1 1 10
4 1 1 9
5 1 -1 8
6 1 1 12
7 -1 1 10
8 -1 -1 11
Observação

Ao se executar um experimento, a ordem dos ensaios deve ser randomizada.

Cada ensaio corresponde a um ponto do experimento, e todo o conjunto de ensaios é o experimento. Várias execuções das mesmas condições experimentais são consideradas ensaios separados e são chamadas replicações.

Blocos básicos

O número mostra que o experimento básico tem sempre um bloco. Se você tiver várias replicações, o número total de blocos pode ser maior que o número básico de blocos.

Interpretação

Os blocos explicam as diferenças que podem ocorrer entre as execuções que são realizadas sob condições diferentes. Por exemplo, um engenheiro projeta um experimento para estudar a solda e não pode coletar todos os dados no mesmo dia. A qualidade da solda é afetada por diversas variáveis que mudam de um dia para outro e que o engenheiro não pode controlar, como a umidade relativa. Para levar em conta essas variáveis não controláveis, os grupos de engenharia realizam ensaios todos os dias em blocos separados. Os blocos representam a variação das variáveis não controláveis, de forma que estes efeitos não sejam confundidos com os efeitos dos fatores que o engenheiro quer estudar.

Blocos totais

O número mostra quantos blocos estão no experimento.

Interpretação

Os blocos explicam as diferenças que podem ocorrer entre as execuções que são realizadas sob condições diferentes. Por exemplo, um engenheiro projeta um experimento para estudar a solda e não pode coletar todos os dados no mesmo dia. A qualidade da solda é afetada por diversas variáveis que mudam de um dia para outro e que o engenheiro não pode controlar, como a umidade relativa. Para levar em conta essas variáveis não controláveis, os grupos de engenharia realizam ensaios todos os dias em blocos separados. Os blocos representam a variação das variáveis não controláveis, de forma que estes efeitos não sejam confundidos com os efeitos dos fatores que o engenheiro quer estudar.

Pontos centrais

O número mostra quantos pontos centrais estão no experimento.

Interpretação

Os pontos centrais são ensaios em que todos os fatores numéricos são definidos a meio caminho entre os níveis baixo e alto. Por exemplo, se um fator numérico tiver níveis 100 e 200, o ponto médio é 150. As filtragens de experimento definitivas com todos os fatores contínuos têm um ponto central por replicação. Se você tiver fatores de texto, o Minitab adiciona 2 pontos centrais por replicação.

Tabela de experimento

A tabela de experimento mostra as definições de fator para cada ensaio experimental. Como a tabela de experimento ocupa menos espaço do que a worksheet, pode ser útil para relatórios com espaço limitado.

As letras representam os fatores e seguem a ordem usada para criação do experimento. Em cada linha, - indica que o fator está na definição baixa e + indica que o fator está na definição alta. Um 0 indica que um fator numérico está a meio caminho entre as definições alta e baixa.

Interpretação

Use a tabela de experimento para ver as definições de fatores para cada ensaio e a ordem dos ensaios no experimento. Nestes resultados, a tabela de experimentos mostra as condições experimentais ou definições para cada um dos fatores para os pontos de experimento. A ordem de execução é aleatória. Por exemplo, na primeira execução do experimento, os fatores B, E e F são colocados na definição alta. Os fatores A, C, D e G estão no nível baixo. O fator H está na definição média. O experimento inclui 2 pontos centrais, que são os ensaios 12 e 34.

Experimento de Filtragem Definitivo

Resumo do experimento Fatores: 8 Réplicas: 2 Ensaios base: 17 Total de ensaios: 34 Blocos Base: 1 Total de blocos: 1 Pontos centrais: 2
Tabela do Experimento (aleatorizado) Ensaio Blc A B C D E F G H 1 1 + + + 0 - + - - 2 1 + + - - - 0 + + 3 1 0 0 0 0 0 0 0 0 4 1 0 - - - - - - - 5 1 - + - - + + - 0 6 1 0 + + + + + + + 7 1 0 0 0 0 0 0 0 0 8 1 0 + + + + + + + 9 1 - + + - 0 - + - 10 1 - + 0 + - - - + 11 1 + - - + 0 + - + 12 1 + - 0 - + + + - 13 1 - 0 - + - + + - 14 1 - 0 - + - + + - 15 1 + - + + - - + 0 16 1 - + + - 0 - + - 17 1 + + - + + - 0 - 18 1 - - + + + 0 - - 19 1 + - - + 0 + - + 20 1 - - + - - + 0 + 21 1 + + - - - 0 + + 22 1 - + - - + + - 0 23 1 - - - 0 + - + + 24 1 + - 0 - + + + - 25 1 + - + + - - + 0 26 1 + 0 + - + - - + 27 1 - - - 0 + - + + 28 1 - + 0 + - - - + 29 1 + 0 + - + - - + 30 1 - - + + + 0 - - 31 1 + + - + + - 0 - 32 1 + + + 0 - + - - 33 1 - - + - - + 0 + 34 1 0 - - - - - - -
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política