Considerações de dados para Selecionar um experimento ótimo

Para garantir que seus resultados sejam válidos, considere as seguintes diretrizes ao coletar dados, realizar a análise, e interpretar os resultados.

Os pontos candidatos devem ser um experimento fatorial completo geral, um experimento de superfície de resposta ou um experimento de mistura
As colunas de experimento na worksheet compõem o conjunto candidato de ensaios experimentais.
O critério para seleção é D-ótimo
O critério D-ótimo fornece as estimativas mais precisas dos efeitos. Muitas outras considerações podem influenciar a escolha final dos ensaios experimentais, incluindo os recursos disponíveis, o objetivo do experimento, outras medidas de otimização e os termos que apresentam expectativa de ajuste.
O tamanho do experimento ótimo deve ser adequado
O tamanho da amostra e o poder devem ser desejáveis para um tamanho de efeito importante na prática. Um uso comum para experimentos ótimos é diminuir o número de ensaios experimentais, mas tamanhos de amostra menores podem não fornecer um experimento que possa detectar pequenos efeitos com poder suficiente.
O experimento é ótimo apenas para os termos especificados durante a seleção do modelo
Um experimento que é D-ótimo para um conjunto de termos não é necessariamente D-ótimo para um conjunto diferente de termos.
A ordem de ensaios devem ser aleatorizada para a coleta de dados
Após a seleção do experimento ótimo, o experimento não está na ordem de ensaios. Para exibir o experimento na ordem de ensaios, use Estat > DOE (Planejamento de Experimento) > Exibir Experimento. Se a coluna de ordem de ensaios coincidir com a coluna de ordem padrão, use Estat > DOE (Planejamento de Experimento) > Modificação do Experimento para aleatorizar o experimento.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política