Visão geral de Definir um experimento fatorial de 2 níveis personalizado

Use Definir um experimento fatorial de 2 níveis personalizado para definir um experimento a partir dos dados que você já tem na worksheet.

Normalmente, você define um experimento personalizado para uma das razões a seguir:
  • Você criou um experimento no Minitab e modificou a worksheet para que o Minitab não possa mais analisar o experimento. Por exemplo, o Minitab não pode analisar o experimento se você mover ou excluir a coluna que contém a ordem padrão do experimento.
  • Você digitou as informações do experimento diretamente na worksheet.
  • Você importou o experimento a partir de um arquivo que não é Minitab.
  • Você criou o experimento usando comandos de sessão do Minitab.
  • Você criou o experimento com uma versão do Minitab anterior à versão 13.

Por exemplo, um engenheiro possui um experimento fatorial fracionado de 2 níveis em uma planilha do Microsoft Excel. Ele quer duplicar o experimento para reduzir o confundimento. O engenheiro abre a worksheet no Minitab. Em seguida, define o experimento como um experimento fatorial de 2 níveis personalizado e usa o Minitab para duplicar o experimento.

Onde encontrar esta análise

Estat > DOE (Planejamento de Experimento) > Fatorial > Definição de um Experimento Fatorial Personalizado

Quando usar uma análise alternativa

  • Se o experimento incluir um fator de difícil alteração, defina um experimento com parcelas subdivididas com 2 níveis.
  • Se alguns dos fatores tiverem mais de 2 níveis, sem contar ensaios de ponto central, defina um experimento fatorial completo geral.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política