Considerações de dados para Definir um experimento fatorial de 2 níveis personalizado

Considere as diretrizes a seguir ao definir o experimento.

O experimento deve ter a finalidade de estudar fatores de 2 níveis
Os fatores de texto devem ter exatamente dois níveis. Para permitir pontos centrais, bem como ensaios danificados, os fatores numéricos podem conter quaisquer números de valores numéricos. Se você tiver mais de dois níveis para um fator, não contando os pontos centrais e os ensaios danificados, considerar a possibilidade de definir um experimento fatorial completo geral ou um experimento de superfície de resposta.
O tamanho do experimento deve ser adequado
O tamanho da amostra e o poder devem ser desejáveis para um tamanho de efeito importante na prática. Para avaliar o experimento completo ou fracionado de 2 níveis, use Estat > Poder e Tamanho de Amostra > Experimento Fatorial com Dois Níveis.
A coluna do ponto central deve conter apenas os valores 0 e 1
Para incluir um termo do ponto central no modelo ao analisar o experimento, utilize estes valores na coluna de ponto central:
  • 0: Em linhas para pontos centrais e pontos pseudocentrais
  • 1: Em todas as outras linhas
O experimento deve ter 2 a 50 fatores
Se você tiver apenas um fator, pode usar ANOVA para 1 fator sem definir o experimento.
A ordem de execução devem ser aleatorizada para coleta de dados
Se a worksheet contiver uma coluna com a ordem de execução, é possível especificar essa coluna ao definir o experimento. Caso contrário, você pode aleatorizar o projeto depois de definir o experimento com Estat > DOE (Planejamento de Experimento) > Modificação do Experimento.
Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política