Interpretar os principais resultados para Gráfico de bolhas.

Conclua as etapas a seguir para interpretar um gráfico de bolhas.

Etapa 1: Procure pelas relações entre as variáveis x e y

Olhe pelas variáveis que tendem a aumentar ou diminuir de valor em conjunto.

Linear: positivo
Linear: negativo
Nenhuma relação

Se seus dados parecerem ter uma relação, você pode explorar essa relação usando uma análise de regressão.

Etapa 2: Procurar por padrões em tamanho de bolhas

Procure tendências crescentes ou decrescentes, e avaliar o quanto os padrões são consistentes.

Avalie a consistência dos padrões

Determine as áreas onde as bolhas diferem em tamanho das bolhas adjacentes. Mais consistência no tamanho das bolhas em certas áreas significa que há menor variação na relação entre as variáveis. Menos consistência no tamanho das bolhas em certas áreas significa que há mais variação na relação.

Por exemplo, este gráfico mostra a relação entre a poupança, renda e montante da dívida para os consumidores que se candidatam a um empréstimo bancário. As bolhas maiores (mais dívida) estão agrupados onde a poupança e os rendimentos são baixos. As bolhas menores (menos dívida) ocorrem onde a renda é de cerca de 35.000 a 70.000, independentemente das poupanças.

As bolhas ficam menores conforme o montante de poupança fica maior. Parece haver uma relação mais forte entre poupança e dívida quando a poupança é elevada (onde a maioria das bolhas tende a ser pequena) do que quando a poupança é baixa (onde as bolhas têm tamanho mais misturado). Este padrão misto indica alguma variação na relação.

.

Ao usar esse site, você concorda com a utilização de cookies para análises e conteúdo personalizado.  Leia nossa política